Prevenção

Governo cria mês de enfrentamento das doenças transmitidas pelo aedes aegypti

O decreto obriga os munícipios a dar maior importância às atividades de conscientização

Por Kamila Alcântara 16 JUL 2019 - 13h15min

Foi instituído em todo Mato Grosso do Sul o mês de enfrentamento à tríplice epidemia: dengue, zika e chikunguya, transmitidos pelo mosquito aedes aegypti. A nova Lei Estadual nº 5.370 está publicada no DOE (Diário Oficial do Estado) desta terça-feira (16) e o mês escolhido para o enfrentamento será novembro, que antecede a alta temporada de chuvas.

De acordo com a publicação, o mês de enfrentamento à tríplice epidemia passa a ingressar o calendário oficial de eventos do Estado, em que todo o verão registra alarmantes números de casos das doenças, principalmente dengue.

O decreto tem como objetivo primordial conscientizar a sociedade acerca dos riscos oferecidos pelo vetor e destaca a importância da participação da população na prevenção.

A publicação diz, ainda, que o poder executivo de cada município poderá promover intensas atividades de promoção ao combate ao vetor. Também podem criar parcerias para realização de palestras, cursos, workshops, além das campanhas tradicionais de divulgação.

A Lei sobre o “Mês de Enfrentamento a Tríplice Epidemia: dengue, zika e chikungunya entra em vigor a partir da publicação de hoje.

SICREDI MOBILE CREDITO VERDE

Deixe seu Comentário

Leia Também

FecharAbrir