VIAJANDO DE KOMBI

Casal quer conhecer todos recantos de Mato Grosso do Sul em seis meses

Ivo e Michely levam junto a fiel amiga canina, Pantera

Por ALINE OLIVEIRA 22 JUL 2019 - 10h36min
Depois de MS, casal segue para outros países da América e Europa Depois de MS, casal segue para outros países da América e Europa Foto: Arquivo pessoal / Aprendendo pelo Mundo

O desejo de conhecer todos os municípios de Mato Grosso do Sul e suas belezas naturais se tornou realidade para os professores, Ivo Manuel Vicente e Michely Cavalari Prado, depois que adquiriram um veículo VW Kombi 1970, a famosa “Corujinha”. O planejamento inicial é desbravar o estado em seis meses, para depois rodar pelo Brasil e Mundo afora.

Na bagagem levam o necessário, já que adaptaram o veículo para uma Kombi Home, mas, fazem questão de levar a cadela “Pantera” que foi encontrada vagando pelas ruas.

“Nosso objetivo é mostrar que ainda existem muitos locais desconhecidos no Estado. Depois vamos realizar nosso sonho que é viajar o mundo, o qual se tornou realidade depois de comprarmos a Kombi”, destaca Ivo.

O projeto “Aprendendo pelo Mundo” foi elaborado pelo casal com muito carinho e os dois estão literalmente transformando a Corujinha em uma Kombi Home. “Vamos descer até o Ushuaia e depois subir até o Alasca. Terminando as Américas vamos embarcar nosso transporte em um navio e seguir para Europa”, detalha o professor que veio de Portugal.

PAIXÃO PELA VIDA

Ivo revela que ele e Michely são apaixonados por carros antigos e pela natureza, então a viagem será uma oportunidade de estarem mais próximos do cenário natural e ter um estilo de vida livre, como é o objetivo de grande parte dos viajantes de Moto Homes.

O casal participou do Wild Camp realizado no distrito de Camisão e destacam o potencial turístico da região.

“O Rhobson nos convidou e sempre que ele organiza esses passeios nós participamos. O último encontro foi particularmente especial, pois o lugar no qual ficamos é muito bonito. Penso que MS tem um potencial enorme para o turismo e precisa ser mais explorado. Para você ter uma ideia já rodamos mais de 25 mil km só aqui no Estado, em menos de dois anos”, conclui.

Interessados em acompanhar o projeto “Aprendendo pelo Mundo” podem seguir o casal de professores pelas redes sociais: YouTube, Facebook e Instagram

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

FecharAbrir