Governador entrega obra de restauração da pista do aeroporto de Bonito

Os investimentos somam R$ 4 milhões

Por Da Redação 03 JUL 2019 - 15h57min

Nesta quarta-feira (3), o governador Reinaldo Azambuja entregou o recapeamento da pista de pouso e decolagem e outros serviços executados com recursos próprios e do governo federal no Aeroporto Estadual de Bonito.

“Esse investimento é fundamental. Se não fosse a parceria da Secretaria de Aviação Civil, nós estaríamos praticamente com a interdição do aeroporto. Isso criaria um problema enorme no fluxo de turistas para a região. A parceria possibilitou a revitalização da pista, fazer a drenagem para a captação das águas e dar mais segurança, sinalização, e agora nós temos equipamento e o Corpo de Bombeiros que faz parte desse convênio com a SAC. É uma parceria extremamente exitosa, saudável. Turismo é emprego, movimentação econômica, geração de oportunidades”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja.

A melhoria dos equipamentos do aeroporto visa a garantir mais segurança aos passageiros e tripulantes e atrair novos voos, cuja ação de fortalecimento e promoção do turismo foi recentemente ampliada com o decreto de redução da alíquota de ICMS do querosene assinada pelo governador – o Programa Decola MS. A Fundação de Turismo de MS (Fundtur) já trabalha a promoção dos destinos turísticos com a perspectiva de um novo voo adicional da Gol.

“Os investimentos do governo em Bonito, em especial no aeroporto, tem sido fundamentais para atrair mais turistas ao nosso destino e impulsionar uma atividade que é a maior geradora de riquezas na região”, afirmou o empresário Guilherme Poli, do grupo Zagaia. “Com novos e regulares voos não temos mais dificuldades na entrega dos serviços aos clientes, por questão de logística, e agora o governador cria esse incentivo fiscal, que também favorece Bonito.”

A reforma no aeroporto foi coordenada pela Seinfra (secretaria estadual de Infraestrutura), que é responsável pela administração, operacionalização e manutenção do aeródromo. A obra concluída consta de recapeamento e drenagem da pista de pouso e decolagem, que tem uma extensão de 2.000 metros, e das áreas de taxiamento e pátio das aeronaves. Também foram executados serviços de sinalização, enleivamento e recomposição ambiental.

Os investimentos somam R$ 4 milhões, sendo R$ 2,8 milhões liberados pela Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC) e R$ 1,2 milhão de contrapartida do Governo de Mato Grosso do Sul. 

 

PORTAL ATACADO - CAMPANHA DIA P AUT. 2109/2018__CAMPANHA JULHO 2019_11

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELITE MOBILE
FecharAbrir