Meio Ambiente

Pecuarista é multado em R$ 5 mil por derrubar mata ciliar em Nioaque

Ele disse que vegetação para aumentar a área de pastagem

Por Redação 23 OUT 2020 - 17h25min
Foto: Divulgação/PMA

Um pecuarista foi multado em R$ 5 mil por desmatar as matas ciliares de um córrego em propriedade rural em Nioaque. Os policiais militares ambientais realizaram fiscalização quando flagraram a situação na quinta-feira (22). 

 O pecuarista, proprietário de um lote consolidado, desmatou 1 hectare, medido com GPS, das matas ciliares (área protegida) da margem do córrego Espiníndio, que corta a propriedade, sem autorização ambiental.

Portal Atacado - Dia P - Novembro_2020_06

O produtor rural afirmou que derrubara a vegetação para aumentar a área de pastagem. Havia árvores que foram derrubadas, inclusive, para dentro do leito do córrego.  As atividades foram interditadas e o infrator foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.

O pecuarista, residente em Nioaque, também foi autuado administrativamente por degradação de Área de Preservação e foi multado em R$ 5.000. Ele responderá por crime ambiental com pena de um a três anos de detenção.
(com informações da PMA)
 

UG Net - Internet de Piraputanga -Mobile

Deixe seu Comentário

Leia Também

FecharAbrir
Fale com a redação