Meio Ambiente

PMA prende paulista por capturar pescado fora da medida e acima da cota permitida

Ele ainda foi multado em R$ 800

Por Redação 15 SET 2020 - 18h25min
Foto: Divulgação/PMA

A equipe da Polícia Militar Ambiental do Grupamento do Distrito de Águas do Miranda, em Bonito, prendeu e autuou um pescador por capturar pescado abaixo da medida e acima da cota permitidas por lei na segunda-feira (14). O infrator, morador de Sumaré (SP), estava acampado na região de um pesqueiro, localizado às margens do rio Miranda no momento em que os policiais o abordaram. 

Com o infrator foram encontrados seis exemplares de peixes da espécie curimbatá, pesando 5 kg, que o pescador havia capturado no rio Miranda, sendo todos exemplares abaixo da medida permitida por Lei. 
Além disso, como a cota de captura e abate é de apenas um exemplar de peixe nativo, com a possibilidade de cinco exemplares de piranhas, o pescador havia capturado pescado acima da cota permitida, o que também é crime ambiental. O pescado foi apreendido.

O pescador, de 54 anos, recebeu voz de prisão e foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de Bonito, juntamente com o pescado apreendido, onde ele foi autuado em flagrante por crime ambiental de pesca predatória. Se condenado poderá pegar pena de um a três anos de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e multado em R$ 800. O pescado será doado para instituição filantrópica de Anastácio.
 

ORAL SIN MOBILE

Deixe seu Comentário

Leia Também

PET SHOP AGRO MOBILE
FecharAbrir
Fale com a redação